Read Fangirlish by Tamara Soares Online

fangirlish

Diana Rose Palmer sempre quis tudo da própria maneira, a começar pelo apelido de infância que não tem nada a ver com seu nome: Mia. Com um metro e sessenta e sete de pura cara-de-pau, vive muito bem, obrigada, junto ao pai vegano e as mil e uma paixões adolescentes – sendo três delas a música pop, os anos oitenta e os prazeres da carne. Sempre ligada ao mundo do entretenimDiana Rose Palmer sempre quis tudo da própria maneira, a começar pelo apelido de infância que não tem nada a ver com seu nome: Mia. Com um metro e sessenta e sete de pura cara-de-pau, vive muito bem, obrigada, junto ao pai vegano e as mil e uma paixões adolescentes – sendo três delas a música pop, os anos oitenta e os prazeres da carne. Sempre ligada ao mundo do entretenimento, ela divide seu tempo entre stalkearas celebridades favoritas e vender os maiores furos jornalísticos para descolar uma boa grana dos sites de fofocas; porque, embora Mia seja fã de carteirinha de muitas coisas, seu verdadeiro amor é e nunca deixará de ser o dinheiro. Com a sorte voltada a essa paixão, a vida presenteia Mia com a oportunidade de juntar a vocação em ser fangirl e o instinto mercenário: gravar cada passo de Chad Gallagher, seu maior ídolo e cantor preferido. É aí que Diana percebe que o garoto tem muitos segredos escondidos, e ela fará de tudo para descobri-los e tirar algum proveito disso – mesmo que precise usar de meios não convencionais para alcançar o objetivo, como a chantagem. Fangirlish é um livro jovem, envolvente e engraçado que revela o pior e o melhor de nós mesmos através de uma narrativa leve e irônica....

Title : Fangirlish
Author :
Rating :
ISBN : 9788592815
Format Type : Paperback
Number of Pages : 268 Pages
Status : Available For Download
Last checked : 21 Minutes ago!

Fangirlish Reviews

  • Hinacchi
    2019-05-05 22:05

    Fangirlish conta a trajetória de Diana Rose Palmer, conhecida também como Mia, em fazer um documentário com seu maior ídolo, Chad Gallagher, para conseguir uma bolsa de estudos na UCM. O que seria apenas uma estória sobre uma fangirl desbravando - e se aproveitando dos segredos para proveito próprio - a vida de seu ídolo tão de perto se mostrou muito mais. Mia é louca de pedra, extremamente cara-de-pau, faz de tudo por dinheiro - descolando furos sobre a vida dos artistas - mas também é uma adolescente em seus dezoito anos descobrindo o mundo, a vida. Destemida, forte e do tipo que “se joga”, ela se mete em todos os tipos de encrencas mas nunca deixa sua essência, seus princípios de lado.O livro é narrado em primeira pessoa e como tem uma linguagem mais jovial e cheio de referências as quais estamos habituados, a leitura segue de forma fluida, descontraída e bem envolvente, é o famigerado “só para de ler quando chega na última página!“Enquanto vemos o quanto ela progride no seu documentário, temos também uma visão mais a fundo da personagem: uma pessoa com medos, traumas, problemas, inseguranças mas que também tira forças do além para se manter de pé e seguir em frente de cabeça erguida. Claro que como todo ser humano, ela comete erros e “arrasta” as pessoas a sua volta para situações bem horrendas e constrangedoras, mas isso só mostra como o ser humano é volátil e não tem se mantém em uma constante o tempo todo.E quem não tem uma corrente ou outra no passado que não deixa que a vida seja completamente leve? Que não teve um conflito interno por causa de escolhas erradas? Que por mais “adulto” que seja, ainda não tem completo conhecimento de si mesmo?Mia tem seu lado de fã louca, o qual as pessoas que tem algum ídolo podem se identificar, que ser fã é muito mais do que saber tudo ou ter tudo que seu artista lança. É identificação, ser atingido pela mensagem que o ídolo quer passar, admirar e apoiar.Diana tem um lado destemido mas também tem seus momentos de fraqueza e pessoas com quem ela sabe que pode contar.Entre confusões e momentos inspiradores e comoventes, Fangirlish não é apenas sobre uma fã louca que faz de tudo pelo seu ídolo, mas é também um livro que toca, faz o leitor se identificar com a personagem devido aos sentimentos e conflitos que ao menos uma vez na vida já passou pela cabeça das pessoas, fazendo o leitor refletir sobre o melhor e o pior de si mesmo.

  • Tamara Soares
    2019-05-03 03:11